top of page

DETOX

DETOX

Preciso confessar que o termo DETOX me incomoda muito. Em minha opinião, a ideia que ele passa é que após ir a uma churrascaria e comer até não aguentar mais, no dia seguinte é só eu tomar um suco detox ou fazer uma dieta detox mágica por alguns dias que meu corpo não sofrerá nenhuma consequência. O que se prega é que a dieta detox irá eliminar toxinas do corpo, promover a saúde e ajudar na perda de peso. O suco pode ser incluído no dia a dia, já falamos sobre isso (Suco verde emagrece?), afinal é fonte de vitaminas e minerais. Já a dieta detox até leva à perda de peso, devido à restrição de calorias, mas pode ser perigosa, pois elimina muitos alimentos, sugerindo basicamente o consumo de sopas, sucos e água por alguns dias.

Mas, você sabe o que de fato significa detoxificar ou desintoxicar e o que são toxinas? Toxinas são substâncias que podem ser originadas dentro do corpo: provenientes de bactérias ou como produto do metabolismo; ou podem vir de fora: medicamentos, metais pesados, produtos químicos (herbicidas, pesticidas, inseticidas, etc.). Não sei se vocês já perceberam, mas nosso organismo é uma “máquina” muito inteligente. Ele tem mecanismos para eliminar as toxinas através do fígado, dos rins, do intestino, da pele e dos pulmões. Nosso corpo é programado para isso.

Alguns estudos, a maioria com animais, avaliaram alguns nutrientes como antioxidantes, fibras, proteínas e gorduras em relação ao “sistema” de detoxificação com bons resultados. Fala-se tanto em alimentação saudável para um bom funcionamento do organismo, não é óbvio que consumir antioxidantes e fibras provenientes de verduras e legumes, proteínas com baixo teor de gordura saturada (aquela que em excesso pode trazer risco cardiovascular) e gorduras “boas” (aquelas que se consumidas com moderação protegem o coração) é o que irá garantir tudo isso? Para que uma dieta detox então?

Dentro de uma alimentação saudável é possível incluir a churrascaria de vez em quando ou uma pizzaria, hamburgueria, etc. O que pode prejudicar a saúde é o exagero. Se prestarmos atenção aos sinais que o corpo nos dá (fome, vontade e saciedade), se comermos com calma e não “no automático”, é totalmente possível sair de lá sem aquela sensação desconfortável. E isso não vai tornar a alimentação de ninguém ruim. Não vai fazer o peso aumentar ou o colesterol subir. Não preciso da dieta milagrosa para anular os efeitos dessa saída da rotina. Tudo depende de qualidade, quantidade e frequência, ou seja, o famoso EQUILÍBRIO!

Agora, se o consumo de medicamentos foi excessivo ou você teve uma intoxicação alimentar séria, procure um médico. Se quiser aprender a ter uma alimentação saudável sem neuras, procure um nutricionista.

Referências

Cline JC. Nutritional Aspects of Detoxification in Clinical Practice. Altern Ther Health Med 2015;21(3):54-62.

Klein AV, Kiat H. Detox diets for toxin elimination and weight management: a critical review of the evidence. J Hum Nut Diet 2015;28:675-86.

0 views0 comments

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page