top of page

PERDI PESO. E AGORA?

Já falamos bastante no blog sobre obesidade. Que é uma doença que traz diversos riscos à saúde, que o seu tratamento é complexo e para toda a vida.

Talvez você já tenha tentando muitas estratégias e até tenha perdido peso, mas com o tempo acabou retornando ao peso original ou até a um peso maior.

Não existem muitos estudos que avaliam a perda de peso em longo prazo e sempre existem algumas questões metodológicas que podem dificultar a comparação entre os resultados.

De qualquer maneira, o que se observa é que alguns fatores estão associados à perda e à manutenção do peso:

– Estilo de vida ativo

– Tomar café da manhã e ter hábitos alimentares saudáveis

– Fazer auto-monitorização como pesagens frequentes e diário alimentar

– Ter suporte social

– Ter melhores estratégias para lidar com as adversidades da vida

Reforçando esses achados, nos Estados Unidos, uma pesquisadora da Brown Medical School e um pesquisador da Universidade do Colorado criaram um Registro Nacional de Controle de Peso (The National Weight Control Registry), uma investigação prospectiva de manutenção de peso bem sucedida em longo prazo.

Vale ressaltar que a maioria dos participantes desse registro é mulher. E alguns hábitos que esses indivíduos apresentam são:

– 98% Alteraram de alguma maneira o consumo alimentar para perder peso

– 94% Aumentaram a atividade física, principalmente através de caminhadas

– 78% Tomam café da manhã todos os dias

– 75% Pesam-se pelo menos uma vez por semana

– 62% Assistem menos de 10 horas de televisão por semana

– 90% Fazem em média 1 hora de exercício por dia

Se você está em um processo de emagrecimento ou até já atingiu um peso saudável, tenha em mente esses hábitos, eles poderão te ajudar!


Referências:

Elfhag K, Rössner S. Who succeds in maintaining weight loss? A conceptual review of factors associated with weight loss maintenance and weight regain. Obes Rev. 2005;6:67-85.

Thomas JG, Bond DS, Phelan S, Hill JO, Wing RR. Weight-loss maintenance for 10 years in the National Weight Control Registry. Am J Prev Med. 2014;46(1):17-23.

9 views0 comments
Post: Blog2_Post
bottom of page